Ads 468x60px

.

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

SÍNDROME DE DANDY WALKER!

Síndrome de Dandy - Walker é uma malformação congénita do cérebro envolvendo o cerebelo (uma área na parte de trás do cérebro que controla circulação) e os espaços preenchidos fluido à sua volta. As principais características desta síndrome são um alargamento do quarto ventrículo (um pequeno canal que permite ao fluido fluir livremente entre os superiores e inferiores áreas do cérebro e medula espinhal), uma parcial ou completa ausência do cerebelar vermis (a área entre Cerebelar os dois hemisférios), cisto e formação junto à base do crânio interno. Um aumento do tamanho dos espaços fluido que envolve o cérebro, bem como um aumento na pressão podem também estar presentes. Sintomas, que muitas vezes ocorrem na primeira infância, incluir desenvolvimentos motores e desenvolvimento lento e progressivo alargamento do crânio. Em crianças mais velhas, sintomas de aumento da pressão intracraniana, como irritabilidade, vómitos e convulsões, e sinais de disfunção cerebelar, como a instabilidade, a falta de coordenação muscular, ineficiência dos movimentos dos olhos pode ocorrer. Outros sintomas incluem o aumento cabeça circunferência, protraindo na parte posterior do crânio, os problemas com os nervos que controlam os olhos, face e pescoço, e os padrões respiratórios anormais. Síndrome de Dandy - Walker é freqüentemente associada com desordens de outras áreas do sistema nervoso central, incluindo ausência do corpo callosum (ligando o espaço entre os dois hemisférios cerebrais, e malformações do coração, o rosto, membros, dedos das mãos e pés.
Existe algum tratamento?
Tratamento de indivíduos com Síndrome de Dandy - Walker geralmente consiste em tratar os problemas associados, se necessário. Isto irá reduzir e controlar a pressão intracraniana inchaço. Pais de crianças com Síndrome de Dandy Walker pode beneficiar de aconselhamento genético, se sua intenção de ter mais filhos.
Qual é o prognóstico?
O efeito da Síndrome de Dandy - Walker sobre desenvolvimento intelectual é variável, com algumas crianças terem normais cognição e outras nunca conseguir normais desenvolvimento intelectual, mesmo quando a hidrocefalia é tratado precoce e corretamente.Longevidade depende da gravidade da síndrome associados e malformações.
A presença de múltiplas malformações congénitas pode encurtar vida.



COMENTE - AJUDE PESSOAS COM ESSA SÍNDROME RARA! - ESTE MUNDO É SEU

19 comentários:

Dustin disse...

Sou leigo, não entendi direito essa doença, acho que é difícil de entender mesmo, porque a matéria é muito boa, mas é o tipo da doença que só alguém que é da área entende, ou quem tem filhos com tal sindrome.

O MUNDO DA FONOAUDIOLOGIA disse...

Maas... é uma matéria do tipo informativa! Tem muitas mãe e pesquisadores interessado na resolução desta patologia!
Obrigado pela sua visita e volte sempre!

Anônimo disse...

sou prof@ do ensino especial em brasília,e pela 1ª vez tenho um aluna portadora desta sindrome,estou lendo a respeito,mas ainda ta meio complicado...Não sei como trabalhar direito com ela,se vcs puderem me ajudar agradeço...

Anônimo disse...

sou prof@ do ensino especial em brasília,e pela 1ª vez tenho um aluna portadora desta sindrome,estou lendo a respeito,mas ainda ta meio complicado...Não sei como trabalhar direito com ela,se vcs puderem me ajudar agradeço...

Flávia disse...

Sou estudante de fisioterapia do 8° período da UFRJ. Estou tratanto de uma criança de 6 anos com a síndrome. Busco mais informações sobre a doença, mais é difícil por ser um síndrome rara.... então qqer informção é de grande ajuda....
Flávia

Ana Paula disse...

Meu filho tem a síndrome de Dandy walker. Ele é um menino muito especial. Ele não precisou usar a válvula (a cabeça não cresceu). A dificuldade dele é psico-motora. Fez fisioterapia até andar e iniciamos com sessões de fonoaudiologia. Hoje tem 7 anos de idade e em consulta com o neurologista, confirmou a necessidade de continuar com as sessões de fonoaudiologia e os estímulos de escola especial e da família. No caso dele não há outro tratamento. Graças a Deus o fonoaudiólogo é uma pessoa que sabe orientar bem e estamos conseguindo avanços consideráveis na fala e desenvolvimento motor.

Pricilla disse...

olá!
Sou de Barra do Corda-MA, mas moro e estudo em São Luís. Estou no 5° período de fonoaudiologia e achei interessante essa abordagem. Estava fazendo uma pesquisa sobre motricidade voluntária e cerebelo e suas disfunções. Seu estudo acrescentou bastante!
Pricilla.

Anônimo disse...

Oi, Meu nome é Fernanda e estou gravida de 5 meses e a minha bebê esta com essa sindrome. Estou muito chateada pois os médicos falam que o caso é grave e que ela corre o risco de nascer e falecer. Eu gostaria de saber mais dessa sindrome em gestante.

Bruno disse...

Meu nome é Bruno e estou no 4ºano de fisioterapia. Vc conhece alguma bibliografia boa pra estudar a sd de Dandy Walker? tenho um caso pra tratar e preciso dar uma aula sobre o assunto
brunoborgescarv@hotmail.com
valeu.

Anônimo disse...

Tenho um filho diagnosticado com Dandy Walker desde a vida intra-uterina, com surgimento de hidrocefalia aos 8 meses de gestação. Ele nasceu a termo e fez derivação com 24 horas de nascido. Hoje, com 1 ano e 2 meses, ele anda, já fala um pouquinho e é muito, muito levado. Ele tem um desenvolvimento normal. Sou psicóloga e estudo a síndrome dele por isso qualquer material "científico" é muito bem vindo.
Meu filho é realmente muito especial, porque me surpreende e surpreende os médicos todos os dia.

Anônimo disse...

Tenho um filho diagnosticado com Dandy Walker desde a vida intra-uterina, com surgimento de hidrocefalia aos 8 meses de gestação. Ele nasceu a termo e fez derivação com 24 horas de nascido. Hoje, com 1 ano e 2 meses, ele anda, já fala um pouquinho e é muito, muito levado. Ele tem um desenvolvimento normal. Sou psicóloga e estudo a síndrome dele por isso qualquer material "científico" é muito bem vindo.
Meu filho é realmente muito especial, porque me surpreende e surpreende os médicos todos os dia.

Anônimo disse...

Tenho um filho diagnosticado com Dandy Walker desde a vida intra-uterina, com surgimento de hidrocefalia aos 8 meses de gestação. Ele nasceu a termo e fez derivação com 24 horas de nascido. Hoje, com 1 ano e 2 meses, ele anda, já fala um pouquinho e é muito, muito levado. Ele tem um desenvolvimento normal. Sou psicóloga e estudo a síndrome dele por isso qualquer material "científico" é muito bem vindo.
Meu filho é realmente muito especial, porque me surpreende e surpreende os médicos todos os dias.

sou feliz disse...

tenho uma filha diagnosticada com Dandy Walker quando teve uma queda, foi feito uma tomografia, estou
triste pois não sei o que fazer.
busco mais sobre a doença,qqer informação é de grande ajuda..
erika agradeço

Rafael Frilei disse...

Tenho um irmão portador da síndrome de Dandy Walker, estou muito preocupado pois sinto que meu irmão está cada dia pior.Ele não fala, não anda, não enxerga, tem problemas na degutição, não consegue pegar algo com as mãos.Ouve um tempo em que ele chegou a sentar, quando tinha 4 anos, atualmente ele tem 7 e depois de ter sofrido uma convulsão na qual ficou desacordado ele foi só regredindo.Sou de Ubá-MG e a medicina daqui é muito precária, não oferece nenhuma melhora para meu irmão.Sempre fez fisioterapia, fonoaldiologia, terapia respiratória e outras todos os dias.Por Favor gostaria de buscar mais recursos fora da minha cidade.Caso conheçam profissionais capacitados nesta síndrome entre em contato com rafael_juste@yahoo.com.br.Obrigado.

Anônimo disse...

oi. Sou sheila e tenho um primo que tem essa sindrome, foi diagnosticada no 5º mês de gestação ja passou por 10 cirurgias, hoje ele esta com 3 anos, mais ainda não anda e não fala,dificuldade de assimiliar as coisas, gostaria de obter mais informação sobre essa sindrome, meu e mail: venturini.sheila@hotmail.com

obrigado.

Michele disse...

Olá somos de um sistema de educação e temos um caso de aluno com síndrome de Dandy Walker. Gostaríamos de receber mais informações sobre a síndrome; informações científicas e relatos de casos.
Também contribuiremos com nossos relatos.
Obrigada
e-mails
Michele: mca.7@hotmail.com
Rosana: rosana_rgt@hotmail.com

Silvia disse...

Ola meu nome é Silvia e meu filho foi diagnosticado com a sindrome de Dandy Walker intra utero... Ele nasceu dia 29/12/2009, Alem da sindrome ele é cardiopata tem uma estenose pulmonar teremos que operar mais ou menos com 1 ou 2 anos...
Os medicos que eu passei não me falam ao certo sobre a sindrome...por isso busco informações...Ajuda...dicas de por onde começar...Quero poder criar meu filho "normalmente'...Tenho medo de não ser uma boa mãe para meu pequeno...fico meio perdida...

Agradeço..

Vou deixar meu e-mail...
silvia_alvespedroso@hotmail.com

Marcela disse...

Oi, estou me formando em medicina, e temos um paciente na enfermaria da pediatria que pode estar com essa doença. Ele tem 3 meses, hidrocefalia, não possui cerebelo, n tem um olho. Existe algum exame diagnóstico que possa confirmar?
obrigada
celameohas@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Ola, tenho uma aluna com essa síndrome, de condições muito escassas, não sei direito se tem laudos para eu saber se o intelectual está preservado, gostaria de ter mais informações sobre o ensino, se tiver eu agradeço. Segue meu e-mail.

di.dogu@hotmail.com